Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

notasdesonhos



Segunda-feira, 21.02.11

00.00

Talvez hoje não adormeça de novo, num lugar sem histórias das que se vivem a dormir. Nada se passou e de pouco me consigo lembrar.
Agora tão tarde e com o sono desperto, voltam as minhas horas de letras nas conversas. Não estou sozinho e a companhia conforta-me enquanto se trocam os mesmos pontos nos is.

Vou para dentro que me apertam os ossos, com as mãos na barriga, que cavaram os fossos.
Frio não tenho, mas não gosto de estar do lado de fora, sem nada, exposto e volúvel, inconstante e variável.

Dá-me algum medo de tropeçar nas ideias e é então que deixo a métrica e prefiro o discurso directo da linha gramatical, redonda e sem sentido, num diálogo mundano sobre o dia.

Vou para dentro, amanhã talvez cá estejas de novo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Lambelho às 16:53


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728