Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

notasdesonhos


Quinta-feira, 11.02.10

Dia Mau

Hoje senti que é sempre mais dificil. Atam-nos as mãos e não sei para que lado me vire. Respiro fundo, mas já pouco posso fazer. Queixumes... estou farto. Sim, já sei que não leva a nada, e amanhã vou ter que acordar de novo.

 

Nestes dias, ecoam na minha cabeça, versos de Beatles na música "i'm a looser", e um outro de Palma "também o amor se rende às leis da economia".

Enfim, depressão da estação ou medo de não sentir o chão por baixo de mim, "mas vendo bem não houve a luz do dia a quem tenha provado o travo amargo da melancolia e quem sou eu para te ensinar agora a ver o lado claro de um dia mau"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por João Lambelho às 23:50

Quarta-feira, 10.02.10

Saí-me

Deitei-me no chão e senti o frio a correr-me na pele. Fecho os olhos e fujo daqui para outro lugar. Estou bem onde estou, apenas quero estar fora de mim, ver-me do lado de fora da casca, com outros olhos, os dos outros.

Não sou eu, ou pelo menos não sou quem julgava ser. Sou uma outra manifestação de mim, mais distante, menos real, mais frio e fraco, descontrolado e egoista, obtuso e mesquinho.

Se calhar esta metade sou eu na verdade.

 

Vi-me do lado de fora...

e não gostei.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por João Lambelho às 01:54

Quinta-feira, 04.02.10

De Noite

Se não soubesse quem era, diria que sou eu. No escuro, no fumo do cigarro, nas horas mortas.

À noite é diferente, os sons são outros. O ruido dá lugar ao silêncio, só quebrado por um ou outro carro que avança no fim da rua.

Arrancam-me de casa e eu saio sem medo, dormente e anémico com as pernas de arrasto.

 

Durmo e mais um dia passa, deito-me e a noite chega. Esta vê-me chegar ao fim, ao terminar de mais um momento nas horas, no tempo, no sítio que é o mesmo, no quarto que sempre foi, na data de um novo ano, nas páginas de um calendário.

 

De manhã vejo-me ao espelho. Se não soubesse quem era, diria que sou eu.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Lambelho às 03:48

Quarta-feira, 03.02.10

Em construção

Isto vai levar uma nova roupagem. Aproveito o facto de ter criado um layout para um amigo, para me alojar aqui também.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Lambelho às 23:15

Sexta-feira, 29.01.10

Sonhos

Quando de manhã aindo tudo está fresco na minha cabeça, o registo do sonho à mesa de cabeceira é deixado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Lambelho às 12:49

Sexta-feira, 04.12.09

8x

Tenho à noite um fantasma, que me fala ao ouvido e atormenta com visões do futuro.
Tenho à noite um fantasma, que me afunda e se esconde.
Tenho à noite, um fantasma que não me deixa ver.

Tenho à noite um vulto, um momento, uma ânsia, um segundo.
Tenho um nada, um vazio, um tudo e o mundo.

Tenho à noite, só a mim, antes de cair no sono e acordar.
Tenho o dia no fim e o ciclo a acabar.

Tenho à noite, um fantasma que me fala ao ouvido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Lambelho às 00:28

Quarta-feira, 30.09.09

Acordar

Há momentos em que o sonho se torna real e o pesadelo se torna incómodo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Lambelho às 12:34

Quinta-feira, 26.03.09

Sol

Quero escrever sobre os dias de sol, sobre as conversas e o tempo que passo convosco. Pela força da vossa companhia mas pouco me sai. Resta-me apenas o prazer do momento.
A todos, um abraço e um beijo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Lambelho às 15:11

Quarta-feira, 12.11.08

Enquanto aguardo

Na sala de espera a terceira idade refila novamente do mesmo. Uns pelo casmurro de sempre, e outros quem sabe, por falta de memória. O discurso mantém-se inalterado. Talvez uma forma de desabafo, uma forma de pagar as horas que passavam consigo mesmos, sem ninguém para os ouvir.
Eu aguardo. Prefiro sair ao de leve, e manter-me à parte dos queixumes que se agarram à parte mais frágil de estar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Lambelho às 18:02

Quinta-feira, 21.08.08

Rock n' Roll Style

Queria poder escrever sobre os dias que passam, duma forma passiva, despreocupada, núa e rebelde.
Queria poder ser boémio, ouvir Dylan, vaguear pelas calçadas do bairro alto como se as soubesse de cor, beber vinho e fumar haxe.
Passar as noites ao relento sozinho, moedas no bolso e fumo de cigarro.

Queria ter sempre vestido as mesmas velhas calças, sujas e gastas, uma camisa solta, mais o cinto do Jim Morrison.
Queria poder pegar na guitarra e ter sempre boas ideias para compor. Os mesmos acordes batidos, revolucionados por uma letra genial.
Queria andar à pancada na rua só por te terem deitado abaixo. Por menos que fosse.

Quero tudo isto, agora.
Contigo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Lambelho às 15:29


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930